Pará ASSALTO

Família é mantida refém dentro de casa por dupla de assaltantes em Santarém

Durante a ação, os bandidos chegaram a ameaçar explodir a casa com a família dentro.

06/04/2022 às 20h30
Por: Reinaldo Barros
Compartilhe:
Residência revirada após ação dos criminosos (Redes sociais)
Residência revirada após ação dos criminosos (Redes sociais)

Uma família passou momentos de terror nas mãos de uma dupla de assaltantes dentro da própria casa na noite desta terça-feira (5), no bairro Caranazal, em Santarém, oeste do estado. Um casal de idosos e o filho deles foram amarrados e ameaçados pelos criminosos. O caso foi registrado na 16ª Seccional de Polícia Civil do município.

Segundo relatos de uma parente das vítimas, a dupla invadiu a residência por volta de 22h, eles estavam de porte de armas de fogo e chegaram com muita agressividade. “Eles entram e amarram logo o idoso e o filho, e a outra vítima ficou com a arma apontada para a cabeça. Todo tempo eles mandavam calar a boca, diziam pra não olhar no rosto, mandavam deitar e não fazer nada”, relatou.

Ela conta ainda que os criminosos chegaram a retirar o botijão de gás do fogão para ameaçar as vítimas.“Eles botaram a botija no meio da sala e disseram que se não colaborassem e não se comportassem iriam explodir todo mundo, tacar fogo e deixar todos trancados na casa”, contou.

Os bandidos chegaram a revirar toda a resistência das vítimas atrás de objetos de valor. Ainda de acordo com a parente da vítima, eles a todo momento mencionavam a existência de ter outro valor dinheiro escondido. “Eles bagunçaram tudo em busca das coisas e o que eles puderam levar, levaram. Até onde sabemos foi notebook, jóias, celulares e ainda o carro”, detalhou a parente das vítimas.

O carro das vítimas foi localizado no final da manhã desta quarta-feira (6) em uma área no bairro Ipanema, grande área da Nova República. O caso foi registrado na 16ª Seccional da Polícia Civil de Santarém e está sendo investigado pela Divisão de Repressão a Roubos (DRR).

“Esse roubo está sendo desde ontem investigado, no primeiro momento foi acionada a Polícia Militar, já visando a prisão desses indivíduos. Hoje pela manhã uma das vítimas veio até a delegacia e registrou boletim de ocorrência. Ela já deu alguns esclarecimentos. Esse roubo é um crime hediondo, praticado mediante o uso de arma de fogo e ainda com a privação da liberdade das vítimas”, informou o delegado titular da DRR, Gilvan Almeida.

O delegado alerta ainda para que a população tenha um pouco mais de cuidado e tome algumas medidas para não facilitar a vida desses criminosos. “Não é a primeira oportunidade de ocorrer de assaltantes entrarem quando veem uma facilidade, um portão aberto, porta da frente aberta, um pouco mais de cautela né. Eu sei que não é responsabilidade do cidadão e sim do Estado garantir a segurança, mas nós também contamos com a colaboração de todos”, disse o delegado.

Este é o segundo caso de assalto à residência com reféns registrado em menos de 15 dias no município. No último dia 28, uma família foi mantida em cárcere privado dentro de casa durante ação de criminosos no bairro São Francisco, que fica na grande área da Nova República. A polícia vai investigar se os crimes têm alguma relação, ou se trata de uma mesma quadrilha.

“Os dois casos estão sendo investigados pela Divisão de Repressão a Roubo, quando questionado se há alguma relação entre os casos, nós estamos apurando e ao final das investigações poderemos apontar com maior precisão se de fato foi praticado pelos memos criminosos”, destacou.

Fonte: O Liberal

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários