Pará ECONOMIA

Salinas: passagens para o voo de estreia não estão mais disponíveis para venda

Companhia Aérea Azul não quis dar informações sobre as vendas, mas ausência de opção de compra para o voo do dia 30 indica que as passagens podem ter esgotado

06/04/2022 às 12h30
Por: Reinaldo Barros
Compartilhe:
Primeiro voo Belém-Salinas será no dia 30 de junho (reprodução)
Primeiro voo Belém-Salinas será no dia 30 de junho (reprodução)

á não é mais possível comprar passagens no site da Companhia Aérea Azul para o voo de estreia do dia 30 de junho, para o município de Salinópolis. A empresa aérea preferiu não dar informações sobre a procura e o número de bilhetes vendidos nesta terça-feira (5), quando as vendas foram liberadas, mas a ausência de opção de compra para o primeiro voo Belém – Salinópolis indica que as passagens podem ter esgotado.

A próxima opção alternativa que aparece no site da Companhia é para o dia 2 de julho, um sábado, quando o preço sobe para R$ 247,83 – durante a semana as passagens estão mais baratas (R$ 225,83).

O avião que vai fazer o trecho Belém – Salinópolis é de uma subsidiária da Azul e tem capacidade para transportar nove passageiros e dois tripulantes. No site da Companhia, os horários do voo de ida são variados. O de estreia, por exemplo, sai às 13h de Belém e chega às 13h55 em Salinas. O do dia 2 de julho está programado para as 10h55, com chegada ao destino às 11h50.

Nas redes sociais, os internautas reagiram de diferentes maneiras ao anúncio do voo e preços divulgados. “Mais em conta que ir de carro”, declarou um seguidor de OLiberal.com no Instagram. “Prefiro continuar indo de carro, 411,00 eu vou pra Fortaleza mesmo”, declarou outro. “Sim, óbvio que é mais barato do que encher o tanque. Porém, no carro dá pra ir mais gente. Vamos pensar bebês!”, comentou outra internauta.

Fonte: O Liberal

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários