Belém Bombeiro

Bombeiro de folga controla incêndio em residencial de Belém

Na ocasião, o sargento, que é morador do residencial, estava de folga e foi acionado por alguns vizinhos e conseguiu controlar as chamas e evitar uma tragédia maior.

05/04/2022 às 19h31
Por: Reinaldo Barros
Compartilhe:
Sargento Odair ao lado da equipes do Corpo de Bombeiros | Reprodução
Sargento Odair ao lado da equipes do Corpo de Bombeiros | Reprodução

A rotina de um bombeiro não é nada fácil. Quando a situação parece estar tranquila, tudo pode acontecer. Para atender a tantos imprevistos, além do domínio de técnicas de salvamento e de excelentes condições físicas, o bombeiro tem que estar preparado emocionalmente, principalmente quando a ocorrência é com uma pessoa próxima ou um vizinho.

Foi o que aconteceu com o 1º sargento do Corpo de Bombeiros Odair, que precisou entrar em ação na tarde desta terça-feira (05) para conter um incêndio em um apartamento que estava em chamas no conjunto Costa e Silva, localizado na Passagem Santo Antônio, bairro de Fátima, em Belém.

Na ocasião, o sargento, que é morador do residencial, estava de folga e foi acionado por alguns vizinhos. Ele se deslocou até o local e encontrou alguns móveis pegando fogo. A partir dai, e com a ajuda de outros moradores, Odari entrou no imóvel e retirou alguns eletrodomésticos para evitar que as chamas se propagassem no local e assim evitar uma tragédia maior.

O interior do imóvel ficou completamente destruído.

Segundo o sargento, o incêndio pode ter ocorrido devido a sobre carga de eletrônicos. Minutos depois, uma guarnição dos bombeiros chegou no local e fez o resfriamento do ambiente. Imagens feitas por populares, mostram o momento exato em que o imóvel é coberto por uma cortina de fumaça e logo em seguida equipes dos bombeiros chegam ao local.

Reprodução

Reprodução
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários