Belém Crise na saúde

Equipe da Sesma responsável por vacinação pede exoneração

O pedido de exoneração inclui Cláudio Salgado, médico que esteve no cargo de diretor de Vigilância em Saúde e era um dos porta-vozes sobre a pandemia da Prefeitura de Belém

05/04/2022 às 15h20
Por: Reinaldo Barros
Compartilhe:
Cláudio Salgado, diretor de vigilância em saúde da Sesma (Ivan Duarte / O Liberal)
Cláudio Salgado, diretor de vigilância em saúde da Sesma (Ivan Duarte / O Liberal)

Toda a equipe responsável pela gestão da pandemia de covid-19 em Belém, da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), pediu exoneração. A informação foi divulgada nesta terça-feira (5). A equipe inclui quem esteve à frente das campanhas de imunização. Entre as pessoas que pediram o desligamento está o médico Cláudio Salgado, que ocupava o cargo de diretor de Vigilância em Saúde.

Salgado era o principal porta-voz da Prefeitura de Belém sobre a doença e a vacinação na capital. Fontes de Prefeitura apontam que teria sido um pedido do próprio médico. A gestão da Sesma estaria tentando reverter a decisão dele.

Desde a semana passada, a Prefeitura de Belém vem anunciando várias mudanças na estrutura da saúde pública da capital. Entre os anúncios, estava o fechamento de leitos exclusivos para covid-19 na rede municipal e o fim da divulgação do boletim diário de dados da pandemia. Houve também mudanças no sistema de urgência e emergência.

Redação Integrada de O Liberal entrou em contato com a Sesma e aguarda um retorno

Fonte: O Liberal

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários