Geral Maranhão

No Maranhão, 61º Restaurante Popular é inaugurado em Caxias

Novo restaurante tem capacidade de servir 1000 refeições no almoço e 500 no jantar, ambas no valor de R$ 1,00. O Maranhão é o estado com a maior rede de restaurantes populares em todo Brasil.

23/11/2021 às 14h10
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
Compartilhe:
Restaurante Popular é um equipamento que visa combater a insegurança alimentar no estado (Foto: Divulgação)
Restaurante Popular é um equipamento que visa combater a insegurança alimentar no estado (Foto: Divulgação)

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), entregou, no município de Caxias, o 61º Restaurante Popular do Estado. O novo restaurante tem capacidade de servir 1000 refeições no almoço e 500 no jantar, ambas no valor de R$ 1,00. O Maranhão é o estado com a maior rede de restaurantes populares em todo Brasil.

O governador Flávio Dino contou como começou o processo de expansão dos restaurantes populares no estado e comemorou a marca de 61 equipamentos. 

“Em 2015, quando nós chegamos ao governo, só havia restaurante popular em São Luís, sendo apenas seis unidades. Ao olhar para esse cenário, pensamos: como o nosso lema é “Maranhão de todos nós”, o Restaurante Popular também tinha que ser de todos nós. A partir daí, começamos a expansão desse processo – hoje, chegamos a 61 restaurantes populares. São Paulo, que é maior do que Argentina, tem 59 equipamentos. Ou seja, o Maranhão consolida hoje a posição de campeão de Restaurantes Populares e de segurança alimentar em todo o Brasil. Isso é especialmente significativo, nesse momento de grave inflação” enfatizou Flávio Dino.

Durante o evento, o titular da Sedes, Márcio Honaiser, enfatizou o decreto do governador Flávio Dino que baixou o preço do almoço nos restaurantes populares, de 3,00 reais por apenas 1,00 real; e relembrou que o Maranhão é o estado que tem a maior rede de restaurantes populares do país. 

“Hoje é um dia especial. Inauguramos o Restaurante Popular de Caxias e agora são 61 equipamentos e mais dez restaurantes estão previstos para serem entregues. É a maior rede de restaurantes populares do Brasil. Quando o governador Flávio Dino assumiu, eram apenas seis unidades, sendo todos na capital; agora, todas as regiões do Maranhão têm restaurantes populares. E a grande novidade, por determinação do governador Flávio Dino, agora o almoço também custa 1,00 real. É mais um grande benefício para ajudar a população que mais precisa”, relatou o secretário. 

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, destacou a importância da parceria entre Estado e Município para levar os benefícios a todos os maranhenses. “O governador Flávio Dino mostra que a obra não tem somente valor financeiro, mas também tem valor social. O Restaurante Popular beneficia Caxias e as pessoas que vêm das cidades vizinhas para buscar fonte de renda, e agora irão se alimentar por apenas 1,00 real. Isso mostra que o serviço social estar sendo realizado e a parceria entre estado e município tem feito todo o Maranhão desenvolver”, disse Fábio Gentil.

O lavrador Francisco Pereira do Nascimento contou como está satisfeito com a inauguração do restaurante, que irá ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade social. “O Restaurante Popular é bem vindo para nós de Caxias. É uma obra muito bem-feita pelo o nosso governador Flávio Dino, estou admirado. Agradeço muito, não só por mim, mas também por todos que estão sendo beneficiados”, disse.

O gestor dos restaurantes populares, Gil Márcio, enfatizou a importância do Restaurante Popular no combate a insegurança alimentar. “Estamos aqui hoje entregando mais um Restaurante Popular, por determinação do governador Flávio Dino e do secretário Marcio Honaiser. Chegamos a 61 equipamentos de Segurança Alimentar, com almoço e jantar a 1,00 real. Essa iniciativa do governador Flávio Dino é para o fortalecimento e combate a insegurança alimentar de todos os maranhenses” disse Gil Márcio.

A nutricionista do Restaurante Popular de Caxias, Heulália Queiroga, destacou que as refeições servidas são de alta qualidade, seguindo uma dieta balanceada. “Aqui serviremos uma alimentação balanceada, rica com todos os nutrientes para que possamos atender toda a população, principalmente de baixa renda e garantir alimentação segura e adequada” disse Heulália Queiroga.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários