Geral Maranhão

Nosso Centro: casarão da Rua da Palma será nova sede do Movimento das Quebradeiras de Coco Babaçu

A reforma do sobrado integra as ações do Programa Nosso Centro, é uma iniciativa que tem por objetivo garantir o desenvolvimento sustentável, a conservação e a valorização da história de São Luís.

20/11/2021 às 12h50
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
Compartilhe:
Casarão 489, na Rua Palma (Foto: Divulgação)
Casarão 489, na Rua Palma (Foto: Divulgação)

O casarão 489, na Rua Palma, Centro Histórico de São Luís, está sendo reformado pelo Governo do Maranhão, por intermédio da Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) em parceria com a Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), para abrigar a nova sede do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB). 

Na quinta-feira (18), os técnicos da Secid e representantes do Movimento visitaram o prédio. Foram alinhadas adequações para abrigar as atividades do grupo e traçadas as diretrizes para dar uso sustentável ao empreendimento. De acordo com o secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Márcio Jerry, a destinação do casarão para nova sede da MIQCB surge em um momento em que o Governo do Estado caminha para concluir uma série de ações que foram iniciadas no âmbito do Programa Nosso Centro.

“O movimento das quebradeiras é uma seguimento extrativista importante no estado, que está sendo integrado ao Centro Histórico de São Luís. É um anseio antigo da categoria que o governador Flávio Dino está efetivando. A nova sede será um espaço de discussão, de atividades culturais e de aprendizado continuado”, ressaltou.

A reforma do sobrado integra as ações do Programa Nosso Centro, é uma iniciativa que tem por objetivo garantir o desenvolvimento sustentável, a conservação e a valorização da história de São Luís. A execução do projeto de restauração é feita em parceria com a empresa Vale.

“É mais uma parceria da SAF com a Secid e desta vez, é no Centro Histórico de São Luís. A ideia é povoar a área central da cidade e permitir que o local seja efetivamente ocupado. Estamos aqui, atendendo um segmento de mulheres trabalhadoras, quebradeiras de coco que agora terão uma sede própria, que vai permitir a comercialização dos produtos e promover o fortalecimento da categoria”, enfatizou o titular da SAF, Rodrigo Lago.

Os trabalhos no sobrado 489, da Rua da Palma incluem a fundação do prédio e a limpeza para dar início à instalação da estrutura metálica da cobertura. As paredes de pedra e de blocos estão sendo recuperadas com técnicas de reboco. O imóvel está recebendo, ainda, serviços para garantir condições de segurança, conforto e acessibilidade.

A coordenadora do MIQCB, Maria Alaides, falou sobre a importância do Governo em valorizar e fortalecer o movimento. “Esta ação vai dar uma estrutura, uma estabilidade para as mulheres quebradeiras. Este local irá, no futuro, ser um lugar de apoio e um Centro de Capacitação e Renovação de Lideranças das quebradeiras de coco. Então, é uma iniciativa muito louvável do governador Flávio Dino”, ressaltou.

A restauração do casarão está sendo executada de forma sustentável, garantindo mais qualidade de vida para quem reside no entorno da obra. Ao todo, estão sendo investidos mais de R$ 3,8 milhões. A obra gerou cerca de 50 empregos formais e informais. A entrega está prevista para dezembro deste ano.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários